quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Bullying - Vítima ou Agressor?

 

O bullying é uma forma de tortura física e ps
icológica, em que pessoas sofrem atos ofensivos, físicos e morais, persistente, muitas vezes sem nem entender o motivo, enquanto outros acham graça da situação. Geralmente ocorre com crianças e jovens, são praticadas no contexto de um grupo e repetidas metodicamente, de modo a romper com o equilíbrio emocional da pessoa.

As agressões podem gerar complicações importantes no desenvolvimento, autoimagem, socialização e personalidade da vítima, com consequências que perduram até a vida adulta. Em casos extremos, o bullying pode levar a quadros graves de ansiedade, depressão e até ao suicídio. Por trás de brincadeiras aparentemente inocentes, pode haver um comportamento social perverso.

Os praticantes de bullying, no mundo real ou na internet, visam o sofrimento psicológico da sua vítima por meio de sua exposição, exclusão, perseguição e humilhação públicas.

É natural que a preocupação, nos casos de bullying, se voltem à vítima. Mas é importante considerar que o agressor muitas vezes também mostra sinais claros de adoecimento emocional, com os mesmos problemas que infere à sua vítima: insegurança, frustração, problemas de autoimagem, entre outras. Ele pode estar "passando adiante" problemas que está vivendo. Ainda que não seja uma desculpa razoável, trabalhar estes problemas pode ser uma forma eficiente de cessar o bullying.

A psicoterapia é uma ferramenta muito útil no apoio às crianças e jovens que são vítimas de bullying e que, muitas vezes, sofrem calados este tipo de exclusão. Um dos principais focos da terapia é promover o autoconhecimento como caminho para o bem-estar e a criação de estratégias de preservação e fortalecimento.

Afinal, quem está bem não costuma machucar, nem aos outros e nem a si mesmo. Quem está forte emocionalmente pode combater os efeitos do bullying com mais facilidade, buscando saídas maduras para conflitos que, em ambientes saudáveis, não devem ocorrer.

 

Nossos psicólogos

#bullying #acolhimento #terapial #psicotera #procureumpsicologo


segunda-feira, 6 de setembro de 2021

Refletir para decidir.

 

No calor das emoções geralmente não são tomadas as melhores decisões. A irritação, a decepção, o medo e a euforia podem nublar nossa capacidade de tomar decisões com inteligência.

É sempre bom nos darmos um tempo para que possamos analisar as vantagens e desvantagens que cada escolha representa. É importante nos sentirmos tão seguros quanto possível antes de uma decisão difícil.

As decisões nascem de escolhas que, na maioria das vezes, possuem um certo grau de incerteza. É natural precisar de algum tempo e uma certa dose de tranquilidade para analisar bem as opções. Embora não seja fácil, precisar decidir nos torna mais fortes emocionalmente e orgulhosos da nossa capacidade de escolha, que leva a sair do estado de inércia.

A ansiedade excessiva pode atrapalhar muito em todos os casos que envolvem decisões importantes. Algumas pessoas, só de pensar que terão que assumir determinada responsabilidade, já entram em estado de estresse. Para isso é bastante recomendado o acompanhamento com um psicólogo. Não deixe para depois, pois as decisões ocorrem o tempo todo! Saber lidar com elas pode tornar sua vida mais tranquila e promover muitas mudanças que podem fazer muito bem a você. Agende sua consulta.

Nossos Psicólogos

#ansiedade #amorproprio #curaemocional #amadurecer #psicologia #terapia

quarta-feira, 25 de agosto de 2021

Partidas e Chegadas


Eis que um dia a gente parte. Um ciclo se fecha, seja por vontade própria, seja pelas circunstâncias. E um caminho desconhecido surge à nossa frente. Embora cheio de novas possibilidades, é natural sentirmos medo e insegurança.

É hora de recomeçar. É o momento certo para fortalecer e estimular sua autoestima, pensar sobre os seus pontos fortes, em tudo que é capaz de realizar, no que já aprendeu, no que o trouxe até aqui e que rumo vai tomar a partir de agora.

Grandes mudanças podem vir precedidas por algum desconforto e até sofrimento. Você pode perder seu vigor e até mesmo questionar suas escolhas e sua capacidade. Aguente firme! Não dê ouvidos a esse medo que fica sussurrando em seu ouvido quando alguma mudança importante acontece em sua vida - especialmente aquelas que você lutou tanto para fazer.

A ajuda da terapia nestes momentos de transição pode oferecer um suporte fundamental para que você resgate sua autoestima e enxergue todas as alegrias e possibilidade que estão nesta nova fase. Afinal, começos e recomeços fazem parte da vida. Não é possível estar em dois lugares ao mesmo tempo: só chega a um novo lugar quem partiu de algum outro.

 

Nossos Psicólogos

#partidas #superação #autoestima #psicologiaclinica #ressignificar #terapia

sexta-feira, 30 de julho de 2021

Padrões Mentais

 

São as nossas experiências que determinam a forma como interpretamos tudo o que acontece em nossa vida.

Se vivemos uma vida repleta de situações agradáveis e de qualidade, a forma como enxergamos o mundo e tudo que nos cerca será saudável e otimista. Mas quando nossa vida nos ofereceu experiências negativas, é natural que nossa tendência seja olhar para o mundo e para o que nos rodeia de forma pessimista e distorcida.

A grande tarefa, nestes casos, é mudar a forma com que você interpreta o mundo e as mensagens recebidas.

Está na hora de buscar uma vida com mais qualidade, tomar a decisão sobre o que deseja realizar e como quer absorver as coisas a partir de agora. A psicoterapia poderá ajudar você a reencontrar novas formas de estar e de sentir.

Mude seus padrões mentais, não fique preso ao passado. Você pode. Mudar a forma de pensar pode mudar o modo como você se relaciona com o mundo. E o modo do mundo reagir a quem você é.

Nossos psicólogos

 

#mudança #saudemental #reflexão #padrão #psicoterapia #terapia #psicologia

quinta-feira, 15 de julho de 2021

A dor do outro

Respeite as dores e as cicatrizes dos outros. Não importa se você acha que lidaria muito melhor com esta ou com aquela dor, aceite que somos todos diferentes e que cada um reage de uma maneira diante do sofrimento. Isto é ter empatia. Não devemos ser insensíveis. Colocar-se ao lado de quem sofre, de verdade, de forma conectada, é a forma mais poderosa de entender seu sofrimento e de ajudar.

Geralmente, para nos conectarmos com a dor do outro é preciso nos conectarmos com a nossa, reconhecê-la em nós. Se não souber o que falar, silencie. Esteja presente, ao lado, acolhendo sem julgamentos.

A dor precisa ser vivida. Aceitá-la é o primeiro passo para começar a lidar com ela. A dor tem que ser compreendida. Mascará-la só faz com que a ansiedade e a frustração aumentem. Se a pessoa percebe que sua dor não está sendo compreendida, ela pode sentir que está tendo um comportamento anormal.

É preciso ter empatia. Acolher. Recomendar que a pessoa passe por cima da dor pode ser um comentário cheio de boas intenções, mas não deixa de ser uma forma de repressão emocional.

A dor precisa ser compreendida e superada, jamais negligenciada. Seja em que lado você estiver, trabalhe a dor. Leve-a a sério. A terapia pode ser uma grande aliada neste processo, para que se consiga seguir adiante de forma saudável, respeitando a dor sofrida, mas não fazendo dela sua forma de viver.

 

Nossos psicólogos

#dor #empatia #terapia #sensibilidade #superação #psicologia #terapiaonline

sexta-feira, 7 de maio de 2021

Tudo depende de como vemos as coisas.


Tudo que vemos é diretamente influenciado pelo que somos, por nossos sentimentos. E como somos o que sentimos, percebemos o mundo de acordo com nossas emoções.

Quem tem um olhar mais otimista e positivo da vida, tende a ser mais resiliente e mais capaz de enfrentar circunstâncias adversas, saindo delas recuperado e fortalecido. Muitas mudanças podem acontecer quando lançamos um olhar diferente sobre a vida. Quando mudamos nossa percepção, nossas atitudes mudam. E quando mudamos nossas atitudes a possibilidade de mudar todo o resto é muito maior.

Definir o foco do olhar é, portanto, a melhor forma de organizar a trajetória da sua vida. Para mudar as coisas verdadeiramente, é preciso mudar o olhar.

Quando a vida se revela apenas em cores desbotadas, pode ser tempo de fazer terapia e rever suas decisões de onde colocar a sua atenção, energia e interesse. Conte com a ajuda psicológica para fazer estas mudanças no seu olhar e nas suas atitudes.

 

#jung #sentimentos #mudança #processoterapeutico #psicologia #psicologiaonline  #terapia #terapiaonlline

Nossos Psicólogos

sexta-feira, 23 de abril de 2021

Comece acreditando que é possível

 

O otimismo é um tempero que dá um sabor agradável às nossas vidas. Pensamentos bons nos fazem bem, promovem uma sensação de satisfação e um anseio bom pelo que há de vir.

 Acreditar que é possível é fundamental. Mas vontade sem ação não fará você chegar onde quer. É preciso ter atitude, é preciso executar o projeto. Não existem soluções mágicas. É preciso empenho. E manter o pensamento positivo ao longo da caminho dá um novo significado à vida.

Desacreditar geralmente é um freio aos nossos impulsos e coragens e pode gerar um sentimento de culpa que, por efeito cascata, provoca um sentimento de fracasso, incompetência e frustração.

Se você tem sentido dificuldade em acreditar nos seus talentos e nos seus próprios sonhos, a psicoterapia pode ajudar a amenizar sua rigidez, trabalhar na ressignificação de crenças e, principalmente, aumentar sua autoestima.

O sucesso depende deste primeiro passo. Com confiança e ações consistentes, chegar lá torna-se muito mais fácil.

#otimismo #psicologia #autoestima #primeiropasso #curaemocional


Nossos Psicólogos

Bullying - Vítima ou Agressor?

  O bullying é uma forma de tortura física e ps icológica, em que pessoas sofrem atos ofensivos, físicos e morais, persistente, muitas vezes...